Abra a janela

blog-textos-palavras-cronica

Saia de cima do muro

que cerca seu mundo

te privando dos sentimentos mundanos.

Abra a janela,

puxe a cortina amarela,

 venha ver, venha explorar,venha descobrir.

Abra a janela,

e se permita sentir:

A brisa que vem do mar,

a borboleta que pousa jeitosa no ombro.

O cheirinho de pão fresco,

e o gosto de um beijo.

Beijo seco, beijo molhado, beijo estalado,beijo apaixonado.

Saia de cima do muro e,

traga junto razão e emoção.

Emoção para sentir.

Razão para desconfiar.

Afinal, não é só de coisas boas que o mundo é feito.

Mas independentemente, saia…

saia de cima do muro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s