Coração de vidro

large (17)

E se um dia eu bater à sua porta em plena madrugada, apenas me deixe entrar amor. Não precisa dizer nada, apenas segure a minha mão e me leve para dentro. Para o seu aconchego. Se as lágrimas estiverem escorrendo pela minha face, por favor, não tente secá-las. Deixe que elas escorram. É um sinal de que eu estou triste e que algo está doendo dentro de mim. Eu sou muito frágil. Tenho um coração de vidro. Que ainda não está completamente lapidado.

Sabe aquele sofá onde assistimos a primeira parte daquele seriado que você tanto gosta?Então me leve para lá. Se tiver frio traga aquela manta de veludo que você ganhou da sua avó quando era apenas um bebê. Me abrace, e por um minuto faça aquele cafuné que só você sabe. Escute o que está guardado no meu peito. E se no final não souber o que dizer apenas entrelace os seus dedos nos meus e olhe nos meus olhos. Eu irei entender.

Se for dizer algo. Diga. Se existe alguém que me entende por completo, esse alguém é você. Fale aqueles clichês que só você sabe usar, e no final deixe eu ouvir o som daquela gargalhada gostosa que só você tem. Isso irá me deixar feliz. São pequenos gestos que marcam as lembranças de alguém. São grandes pessoas que compreendem os nossos sentimentos.

Com o passar das horas me envolva em seus braços. Faça aquele brigadeiro que só você sabe.  Abra a janela para podermos observar a lua. Me ajude a contar as estrelas. Conte aquelas piadas ruins, mas que me fazem rir. E quando o dia estiver clareando, e a conversa for se esgotando me envolva em seus braços novamente. Deite ao meu lado. Encoste o seu rosto no meu. E apenas permaneça ali. Junto comigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s