Resenha de A teoria de tudo – Jane Hawking

20160116_114427

A Teoria de Tudo foi um livro muito desafiador para mim. Fiquei remoendo por semanas a ideia de comprá-lo porque estava na semana de provas da faculdade e não teria tempo suficiente para me dedicar a leitura. Mesmo assim decidi arriscar e comprei o bendito livro com nada mais nada menos que 446 páginas.  ” O que eu fiz heim” foi o que me veio a mente assim que sai da livraria.

Mas por ironia da vida acabei ficando sem internet nas férias e não me restou outra opção além de pegar o livro para ler. De início não conseguia ler nem um capítulo inteiro sem já ficar bocejando por conta da linguagem um tanto rebuscada. Mas manti o foco e consegui levar a leitura até o final e sinceramente: que livro espetacular! E hoje ele é o escolhido para a resenha da semana.

 “Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos- entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen.

Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher.

Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na sua decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantando. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sobre um ponto de vista único.

Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome de quem escolhemos para compartilhar a vida.”

A Teoria de Tudo foi muito além de uma biografia e virou uma história de amor verdadeiro. A cada página que eu lia meu coração se enchia de um sentimento tão bom e em vários momentos desejei poder ajudar o casal de alguma forma a superar cada desafio.

Uma coisa bem legal é que conhecemos bastante sobre a Jane também. Ela conta um pouco sobre a pressão que sofria do marido pelo fato de ser bem religiosa, o dilema que era conciliar a família e os estudos e muito de como era aguentar toda a pressão da doença de Stephen.

20160116_114107

Jane é uma mulher incrível e guerreira pois mesmo quando ela teve oportunidade de deixar tudo para trás ela se manteve fiel a promessa que havia feito em seu casamento. Triste é o fato de Stephen não ter valorizado isso.

Quanto ao filme eu só assisti quando terminei o livro. Apesar de muita coisa ter ficado de fora a adaptação não foi tão ruim assim ao meu ver. O filme focou mais no romance do casal trazendo alguns poucos detalhes biográficos sobre Stephen. Mesmo assim ficou lindo e emocionante.

Recomendo a leitura para aqueles que não têm medo de se jogar  em um estilo diferente do que está acostumado. O livro é bem grande mas os ensinamentos sobre amor e companheirismo são maiores ainda.

Você pode comprar em: Saraiva e Submarino.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s