#BEDA07: O dia em que eu caí na real

large (4)
Foto: via

Coração bobo sempre se apega antes do início de uma nova história.Com você não foi diferente. Mais um como todos os ouros. Dei o meu máximo, ralei os meus joelhos por você, que não voltou para ver como eu estava. Não se importou comigo.

Nossos destinos se cruzaram no dia 04 de janeiro. Eu lembro porque pela primeira vez acabara de conhecer alguém mais tímido do que eu. O garoto de sorriso simpático e pouca fala. Virginiano igual a mim.Detalhista igual a mim. Quis fugir daquele tumulto assim como eu. E como fugimos aquela noite.E continuamos por semanas até que algo transformou a realidade eu acho: ou acabamos caindo dentro dela.

Passei noites me questionando como mesmo morando tão perto a distância virou algo tão grande para nós. Me apego demais as pessoas, esse é o meu defeito. E com você não foi diferente. Tentei te encontrar por todas as esquinas e vias da vida até que eu caí na real.Você deixou claro que não se importava e por mais egoísta que soe, me doeu admitir. Ver que tudo se espatifou como um simples pedaço de vidro. Não sei você, mas eu me importei logo após o ponto final.

Mas não se preocupe, eu vou abrir mão de você e mudar de estrada. Mesmo que a vida nos coloque no mesmo caminho eu vou pegar a direção contrária e virar a próxima esquina. Noite passada eu caí na real que 4 de janeiro foi apenas mais um dia. Mais uma história dentre as muitas que já estão na minha escrivaninha.

Mais um outro alguém!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s