Passageiro

stocksnap_21r2jgvzi7
Fonte

De todos os seus erros o maior foi prometer o eterno enquanto tudo em você é simplesmente passageiro. Minha inocência era fã assídua dos seus monólogos mas no fundo mesmo o que faltou pra gente foi um pouco mais de silêncio. Talvez um pouco mais de abraço teria sido bom. Talvez não brincar de amor poderia ter mantido a ordem para nós dois. Poderia ter nos mantido por perto por muito mais tempo.

Não é amor quando se ama sozinho. No fundo éramos somente um vício que você satisfazia só quando lhe cabia bem. Eu dormi ao pé do telefone esperando você ligar arrumando desculpas por não ter respondido meu sms. Limpei sozinha a maquiagem borrada pelo choro quando você não compareceu ao nosso aniversário de namoro. Eu contei sozinha as horas que faltavam para a tristeza passar.

Por trás de tudo isso acabei me acostumando a eu sem você. É como dizem, não faz muita falta quem diariamente se ausenta. Hoje aqui no meu peito mora uma saudade em seu lugar. Vez ou outra ela aperta o coração quando nossa música toca no rádio ou quando acho uma peça de roupa no fundo da gaveta. Mas se tem algo que aprendi é que tudo seu é passageiro. E que essa saudade: ela não vem pra ficar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s